Docência em ensino superior

:: Descrição do Curso

 

JUSTIFICATIVA:

Várias questões se colocam como fundamentais no panorama das universidades brasileiras no início deste novo século, principalmente em função das novas leis e diretrizes dos cursos de graduação divulgados pelo MEC. Entre os aspectos evidenciados nos documentos oficiais é, sem dúvida, a formação dos professores um dos mais relevantes.

Esta importância pode ser vista na medida em que o governo passa a exigir os projetos pedagógicos de cada instituição e, conseqüentemente, quais metodologias, instrumentos didáticos, concepções de ensino e aprendizagem os professores demonstram em suas respectivas práticas.

A atenção é voltada para o professor de Economia, Engenharia, Direito etc., que estão na sala de aula da universidade, mas não tiveram formação pedagógica.

Faz parte de uma grande discussão educacional a questão da avaliação, da organização das aulas, da estruturação de metodologias nas universidades. Muitas vezes o pesquisador fica enclausurado em seus laboratórios, possui a obrigação de efetivar a sua docência, mas não consegue garantir a atenção de seus alunos, pois não aprendeu como ministrar sua aula. Por outro lado, muitos bons profissionais, com grande prática institucional não conseguem ensinar o que aprenderam empiricamente, pois não possuem qualificação para a docência, especificamente a superior.

Este curso pretende formar profissionais de todas as áreas do conhecimento, objetivando a docência, especificamente a superior. Neste caso, o tema está voltado tanto para os profissionais que estão na universidade, mas que gostariam de repensar a sua prática docente, como para aqueles que querem estar aptos a trabalhar no ensino superior.

 

OBJETIVOS:

Estudar as questões sobre o desenvolvimento humano e sua relação com a aprendizagem;

Promover reflexão crítica sobre as políticas da educação superior no Brasil, através da última versão da LDBEN e documentos oficiais;

Reconhecer as diferentes metodologias educacionais e seus aportes teóricos na filosofia da educação;

Estabelecer uma reflexão crítica sobre o cotidiano da sala de aula na universidade, de forma a ampliar a articulação entre a teoria e a prática;

Resgatar a dimensão do professor-pesquisador na prática docente da Universidade;

Reconhecer os variados métodos de avaliação e as possibilidades de inserção dos aportes teóricos na prática universitária.

Promover a formação continuada de profissionais que atuam na educação.

Formar especialistas em Docência Superior.

Formar pesquisadores para a análise do trabalho educacional na sala de aula da universidade.

 

PÚBLICO ALVO:

Portadores de diploma de curso superior das diversas profissões, que desejam preparar-se para o desempenho da docência de instituições de ensino superior.

 

METODOLOGIA:

O curso de Pós-Graduação “Lato Sensu” em Docência do Ensino Superior será ministrado de forma presencial, através de aulas expositivas, seminários e formação de grupos de estudos. Será 01 (um) encontro mensal, num total de 09 (nove) disciplinas múltiplas assim distribuídas: 6 (seis) com 48 (quarenta e oito) horas/aula e 03 (três) com 24 (vinte e quatro) horas/aula, a totalizar 360 (trezentos e sessenta) horas/aulas, nestas não computado o tempo de estudo individual ou em grupo, sem assistência docente, e o reservado, obrigatoriamente, para elaboração de monografia ou trabalho de conclusão de curso.

 

TRABALHO MONOGRÁFICO:

Ao final do Curso de Pós-Graduação “Lato Sensu” em Docência do Ensino Superior, os alunos deverão elaborar e apresentar a monografia, individual ou em grupo de até 3 (três) alunos, requisito para concessão do título.

Para a realização da monografia o aluno será orientado de forma comum para desenvolver o seu projeto de pesquisa. Computar-se-á como carga horária para a orientação monográfica, 24 horas/aula.

As monografias deverão ser enviadas aos professores das disciplinas afetas a área de interesse do Pós-Graduando, para que num prazo máximo de 05 (cinco) meses após a conclusão da orientação monográfica, seja designada data para sua apresentação, conferindo-se o título de Especialista ao participante que obter nota mínima igual a 07 (sete).

 

FREQÜÊNCIA E AVALIAÇÃO:

Freqüência mínima obrigatória: 75% (setenta e cinco por cento) das aulas.

Avaliação: grau mínimo de 7,0 (sete) em cada uma das disciplinas do curso, inclusive no TCC.

Aprovação quando da apresentação da monografia, cuja nota mínima exigida é 7,0 (sete).

 

DIAS E HORÁRIOS DAS AULAS:

As aulas serão ministradas 1 (uma) vez por mês. As sextas de 18h00 às 22h30, sábados de 08h00 às 12h30 e de 14h00 às 18h30 e aos domingos de 8h00 às 12h30 .

 

:: Estrutura Modular

 

Estrutura Modular
Carga Horária
Fundamentos da Educação Universitária no Brasil
Mestra Aracy Bezerra Palhano
24

Teorias da Educação
Especialista Ildete Pelúcio Dominici

48
Metodologia da Pesquisa
Mestra Maria Goretti Cavalcante de Carvalho
48
Projeto Político-Pedagógico: Uma Necessidade Universitária
Mestra Dilercy Adler
24
Novos Paradigmas da Educação Superior
Mestra Eliane Pedrosa
48
Psicologia da Aprendizagem
Especialista Vera Lúcia Sousa
48
Ensino Superior: Teoria e Prática
Mestre Roberto Mauro Gurgel
48
Didática na Docência Superior
Doutora Iêda Gaspar
48
Avaliação em Educação
Mestra Maria de Fátima Serra Rios
24
Total:
360
Orientação Monográfica
24

 

:: Ementas das Disciplinas

 

FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO UNIVERSITÁRIA NO BRASIL:

História das universidades brasileiras; seu desenvolvimento no Império e na República. As questões políticas e históricas na implementação dos cursos de graduação; o problema da pesquisa e da estruturação da pós-graduação para formação dos quadros universitários.

 

TEORIAS DA EDUCAÇÃO:

Enfoque sociológico. Pensamento de Durkeim, Gramsci, Althusser, Bordieu e Passeron, Baudelot e Stablet.

 

METODOLOGIA DA PESQUISA:

A pesquisa como eixo da formação docente. O sentido da pesquisa na pós-graduação. A pesquisa científica e a produção / construção de novos conhecimentos. Aspectos relevantes do processo de investigação. A importância de um projeto de pesquisa. Abordagens qualitativas em pesquisa na área da educação (análise documental, pesquisa de campo, estudo de caso, pesquisa etnográfica).

 

PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO: UMA NECESSIDADE UNIVERSITÁRIA

O significado de um projeto no interior da universidade e como a sua concepção teórica reflete na prática, uma posição política e ideológica sobre o papel dos agentes escolares, principalmente, da função do professor e do aluno, revertendo-se, portanto, em uma concepção de cidadania e sociedade.

 

NOVOS PARADIGMAS DA EDUCAÇÃO SUPERIOR:

Aspectos Legais. A Política de Avaliação dos Cursos de Graduação: Diretrizes Curriculares Nacionais: Padrões de Qualidade: As condições de avaliação de oferta de reconhecimento de Cursos Superiores. Planejamento e Projeto Pedagógico.

 

PSICOLOGIA DA APRENDIZAGEM:

A Psicologia e a Aprendizagem. Teorias da Aprendizagem. As Relações de Poder na Sala de Aula. O Desenvolvimento Psicogenético de Piaget. O Enfoque Sócio-Histórico-Cultural da Aprendizagem na Perspectiva de Vigotsky.

 

ENSINO SUPERIOR: TEORIA E PRÁTICA:

As Diferentes Metodologias Educacionais e suas Fundamentações Filosóficas. Abordagem Tradicional. Abordagem Comportamentalista. Abordagem Humanista. Abordagem Cognitivista. Abordagem Histórico-Cultural. O Ensino Superior e a Prática Pedagógica.

 

DIDÁTICA NA DOCÊNCIA SUPERIOR:

Construção de um curso; as diferentes abordagens sobre a implementação de um trabalho docente. Reflexão sobre os diferentes modos de preparação de uma aula; a utilização de recursos audiovisuais, internet, biblioteca, etc.... Possibilidades de construção de ementas, legislação básica para sala de aula (as questões sobre freqüência pauta, etc).

 

AVALIAÇÃO EM EDUCAÇÃO:

O Novo Enfoque na Avaliação. A ação de observar. Avaliação enquanto processo. Os movimentos da avaliação (medos e coragens) dos alunos no espaço escolar incluindo a Universidade. Os diferentes instrumentos de avaliação.

 

MONOGRAFIA: PESQUISA E PRODUÇÃO:

A postura do pesquisador no campo de pesquisa, a sua relação com o “objeto” de pesquisa e a utilização do conhecimento científico nas práticas investigativas. Desenvolvimento das etapas na elaboração do projeto de pesquisa: tema; problematização do tema; questões de pesquisa; justificativa; objetivos; revisão de literatura; metodologia e referências bibliográficas.

Copyright 2013 - FACAM-MA - Faculdade do Maranhão
Rua 38, Lotes 03 Bequimão - São Luís - MA CEP: 65062-340
Fones: (98) 3227-1238 / 3227-8916